PESQUISE AQUI AS NOTÍCIAS QUE EXISTEM NO BLOG.

30-08-2011 *“OPERAÇÃO FRONTEIRA” LEVA SEGURANÇA ÀS DIVISAS DE QUATRO ESTADOS

A "Operação Fronteira", deflagrada à meia-noite do último domingo (28/08) foi concluída na madrugada de ontem, segunda feira (29/08), às 05h00min. Planejada pelas polícias do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Ceará, levou mais segurança às divisas desses Estados e mostrou, mais uma vez, a união das autoridades da Segurança Pública no combate à criminalidade.

O subsecretário da Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte, Airton Ferraz, participou do trabalho, que resultou, na área do Rio Grande do Norte, na abordagem a 80 automóveis/utilitários, 27 motocicletas, 208 pessoas e na apreensão de um revólver calibre 38 e de um veículo tipo Vectra.

A arma foi apreendida entre o Rio Grande do Norte e o Ceará, sendo um homem autuado em flagrante delito. O Vectra, que tinha queixa de roubo, foi localizado na barreira policial montada entre São Mamede (PB) e São João do Sabugi (RN), no distrito de Ipueira. O relatório da Operação será entregue a Airton Ferraz nesta terça-feira (30).

A integração entre as polícias é uma importante ferramenta para o combate, principalmente às quadrilhas interestaduais que agem praticando assaltos, arrombamentos de caixas eletrônicos, roubos de veículos e tráfico de drogas.

As barreiras foram montadas nos seguintes pontos: Baraúna (RN) / Russas (CE) - RN 015; Tibau (RN) / Icapui (CE) - RN 013; Distrito de Palma (Caicó) / Várzea (PB) - RN 118; São Miguel (RN) / Pereiro (CE) - RN 177; Distrito de Ipueira (RN) / São Mamede (PB) - RN 118; Alexandria (RN) / Bom Sucesso (PB) RN 079

Policiais civis e militares dos quatro Estados participaram da "Operação Fronteira", que terá novas edições, como forma de manter frequente a presença policial nas divisas. Para o secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social do RN, Aldair da Rocha, esse tipo de diligência é importante para mostrar à sociedade que ela tem policiais determinados, organizados, que atuam a partir de planejamentos que nascem da necessidade de agir em regiões onde o índice de criminalidade é maior. "Os serviços de inteligência das polícias, os dados da nossa Subcoordenadoria de Estatística e Análise Criminal e reuniões que temos mantido com policiais dos Estados vizinhos é que embasam essas Operações", explica o secretário.

Da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, participaram homens dos 2º, 6º e 7º Batalhões, comandados pelo coronel Francisco Reinaldo de Lima, do Comando de Policiamento do Interior. Os policiais civis envolvidos na Operação estavam sob a supervisão do Diretor de Polícia do Interior, delegado José Carlos de Oliveira.

Por Assessoria SESED

Um comentário:

André Alexandre disse...

Dê uma força a esse comentário, é um desabafo.

Não agüento mais essa greve...não agüento mais...

Os professores do Rio Grande do Norte enfrentam a cada dia o desafio de educar, e os alunos, o de aprender, em meio à má remuneração e à desvalorização vindas do governo do estado.

A imprensa noticia a greve dos profissionais da educação do Rio Grande do Norte, que já dura mais de 90 dias. Esses reivindicam melhorias, tanto pros alunos quanto para si.

Desejo, como aluno da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, que, nas próximas eleições, os eleitores procurem saber o que realmente está acontecendo com a educação. Que não sejam ENGANADOS pelos comerciais do governo, que mostram “a melhoria na educação do RN”. Que eles vejam que o Rio Grande do Norte possui uma educação defasada e sem compromisso por parte do governo, e que as instituições de ensino dependem da boa vontade dos governantes, que de boa vontade não existe nada.

Não agüento mais essa greve que só nos massacra a cada dia. O povo uniu-se para vencer a ditadura militar, lutou com unhas e dentes para recuperar a democracia, o direito de votar, de escolher, de reivindicar. Agora que tem voz, não se importa em cobrar do governo o cumprimento de uma boa educação.

Não agüento mais essa greve...não agüento mais...

Por: André Alexandre